.

sábado, 17 de julho de 2010

Pomba Gira Viúva Negra

A Pomba Gira Viúva Negra, sempre foi muito bela, lindo olhar sedutor...
Mas tinha sérios problemas para conseguir namorados, e um relacionamento duradouro, e um dia em um momento de raiva, ela decidiu se entregar a magias, encantamentos e feitiços.
Se tornando assim uma feiticeira muito forte!
E o seu encantamento sedutor passou a encantar todos os homens que a viam, e fazendo assim, muitos homens cometerem loucuras infundadas.
Com o passar dos anos, a Viúva Negra, começou a usar suas magias, e feitiçaria para enriquecer, e casou-se muitas vezes, se tornando viúva inúmeras vezes.
Fico então conhecida como a Viúva Negra.
Na umbanda, ela vem, muito sedutora e cheia de encatamentos, auxilia as mulheres e homens em relacionamentos, para conseguir amores;
Sempre vestida de preto com um véu sobre seus longos cabelos negros...
Na Kimbanda, conhecida como uma feiticeira muito poderosa que faz encantamentos e feitiços para a prosperidade, riqueza e para conseguir amarrar grandes amores.


Pouco conhecida na umbanda, por ser confundida muitas vezes por Cigana das Rosas, por trazer sempre em suas mãos um buquê de rosas vermelhas...
Mas todos já ouviram falar desta feiticeira bela e poderosa!

Ela morreu viúva, mas muito rica, e é considerada feiticeira poderosa, trabalha junto de Maria Padilha do Cruzeiro das Almas, nossa Rainha Feiticeira.

Muitas histórias se conta de Viúva Negra...
MAS POUCO SE SABE DE ONDE VEIO...



Yalorixá Lúcia D'Iansã
Postado por Véra Lúcia
Sou uma rosa, sou um perfume, sou a mais bela de qualquer jardim, ouço lamentos, ouço queixumes, não há mulher que não venha até mim. Sei seduzir, me deixo seguir, a palavra dificil para mim não existe, de preto e vermelho, ou sem me vestir, homem algum a mim me resiste. Bebo champanhe, fumo cigarro, digo mil coisas sem nunca falar, sei ler na mão, jogo o baralho, a mim só me engana quem eu deixar. Se alguém precise e me queira encontrar, siga o perfume em noite de luar, diga meu nome sem se enganar, sou Pombagira, a rua é meu lar. Autor: Paulo Lourenço

POMBAGIRA SETE SAIAS DO CABARÉ

POMBAGIRA SETE SAIAS DO CABARÉ
SALVE SETE SAIAS DO CABARÉ!
DONA SETE SAIAS, É MOJUBÁ!