.

sábado, 13 de novembro de 2010

Feminilidade de Pomba Gira

As falanges de Pombas Giras têm espiíritos que polarizam com Exu, sendo a espontaneidade da mulher na sua essência: feminilidade, fertilidade, sensualidade e sedução, gostam de ser bem tratadas mais nunca se vendem. São vaidosas e gostam de exibir suas vestes e pertences nas festas de Exu onde dançam graciosamente conduzindo a todos que assistem a um clima de descontração e alegria. Desta forma, conseguem realizar uma grande confraternização. Nada se compara ao grande à grande capacidade que elas tem em ajudar os fiéis através desses atributos que as colocam bem próximas da natureza humana.
Não são Exús Fêmea, são Pombas Giras femininas, são a manifestação da força da mulher.
Merecem devoção e respeito por parte de seus admiradores.
Sou uma rosa, sou um perfume, sou a mais bela de qualquer jardim, ouço lamentos, ouço queixumes, não há mulher que não venha até mim. Sei seduzir, me deixo seguir, a palavra dificil para mim não existe, de preto e vermelho, ou sem me vestir, homem algum a mim me resiste. Bebo champanhe, fumo cigarro, digo mil coisas sem nunca falar, sei ler na mão, jogo o baralho, a mim só me engana quem eu deixar. Se alguém precise e me queira encontrar, siga o perfume em noite de luar, diga meu nome sem se enganar, sou Pombagira, a rua é meu lar. Autor: Paulo Lourenço

POMBAGIRA SETE SAIAS DO CABARÉ

POMBAGIRA SETE SAIAS DO CABARÉ
SALVE SETE SAIAS DO CABARÉ!
DONA SETE SAIAS, É MOJUBÁ!