.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Ebó forte para amor e casar com homem rico

FONTE http://pombagirasetesaiasdocabare.blogspot.com/


Quem não sonha com o príncipe encantado: bonito, inteligente, rico, sexy, apaixonado e fiél...
Mas se o seu caso é de necessidade financeira, faça o ebó abaixo seguindo todos os passos.
Faça 1 vez por mês ou a cada dois meses até conseguir.
Mas faça a sua parte: autoconfiança, vaidade, beleza e attude.
EBÓ FORTE PARA OXUM E MARIA PADILHA DO CABARÉ
RECEITA DA POMBA GIRA SETE SAIAS.
7 lírios amarelos
7 quindins
7 rosas vermelhas
7 maçãs vermelhas
1 garrafa de água
1 garrafa de champagne
mel
7 velas amarelas
7 velas vermelhas
7 velas brancas
7 cigarrilhas
7 fitas amarelas
7 fitas vermelhas
1 alguidar número 3
1 travessa de loça branca
35 moedas douradas
35 moedas prateadas

Na travessa de louça branca, coloque após passar sobre seu corpo: os 7 lírios amarelos cortados os cabos, os quindins e regue com mel.
No alguidar coloque após passar sobre seu corpo: as 7 rosas vermelhas, cortados os cabos e as 7 maçãs. Regue com mel.

Derrame um pouco da água em volta da louça branca e um popuco da champagne em volta do alguidar.
Acenda primeiro as velas amarelas em volta da louça branca e depois as velas vermelhas em volta do alguidar e as fitas vermelhas e as 35 moedas prateadas.
Acenda os 7 cigarros nos espaços entre as velas vermelhas.
Coloque as 7 fitas amarelas em cima da louça branca e as vermelhas em cima do alguidar e as 35 moedas douradas.
O Ebó na louça deve ficar à sua direita e o do alguidar a sua esquerda.
Peça que seus caminhos se abram para um bom casamento sobre a proteção de Oxum e Maria Padilha.
Saia de frente dando 3 paços para traz, vire-se e vá embora com fé que seu pedido será atendido.
Entrega de preferência á margem de rio ou cachoeira, ou um lago.

Se o homem que deseja for casado, esqueça, peça outro melhor que ele.
FONTE http://pombagirasetesaiasdocabare.blogspot.com/
Sou uma rosa, sou um perfume, sou a mais bela de qualquer jardim, ouço lamentos, ouço queixumes, não há mulher que não venha até mim. Sei seduzir, me deixo seguir, a palavra dificil para mim não existe, de preto e vermelho, ou sem me vestir, homem algum a mim me resiste. Bebo champanhe, fumo cigarro, digo mil coisas sem nunca falar, sei ler na mão, jogo o baralho, a mim só me engana quem eu deixar. Se alguém precise e me queira encontrar, siga o perfume em noite de luar, diga meu nome sem se enganar, sou Pombagira, a rua é meu lar. Autor: Paulo Lourenço

POMBAGIRA SETE SAIAS DO CABARÉ

POMBAGIRA SETE SAIAS DO CABARÉ
SALVE SETE SAIAS DO CABARÉ!
DONA SETE SAIAS, É MOJUBÁ!