.

sábado, 1 de maio de 2010

Ebós para o amor

Se você não amar a si mesmo e não se respeitar ninguém irá fazer isso por você.



EBÓS PARA O AMOR

EBÓ Para atrair o ser amado:

1 baralho comum, 9 moedas de cobre, 9 pulseiras em forma de aro. Escreva o nome do ser amado em um quadrado de papel, a lápis. Tira-se do baralho o As de Ouros e o As de Copas. Coloque as cartas lado a lado, sobre o nome do ser amado. Em volta forma-se um círculo com as nove moedas, e pelo lado de fora das moedas um círculo com as nove pulseiras. No centro sobre as cartas 1 vela vermelha, oferecida a Pomba-Gira Cigana e fazendo seus pedidos. Após três dias recolhe-se todo o material usado e guarda-se em um pedaço de pano vermelho, até que o pedido seja atendido. Quando isto ocorrer, despache tudo em um jardim bem movimentado.


EBÓ PARA CONSEGUIR UM AMOR
7 garrafas de pinga ou aniz, 1 tecido vermelho, 1 tecido preto, 7 rosas vermelhas, 7 velas vermelhas, 1vidro de perfume, 7 maços de cigarros. Após percorrer 7 encruzilhadas diferentes, na sétima estenda os panos lado a lado, abra uma a uma as garrafas de bebidas, borrifando tudo em volta, coloque em semicírculo sobre as toalhas. Ao pé de cada garrafa 1 rosa enfeitando (a seu gosto), 1 maço de cigarros junto a cada garrafa, ascenda 1 cigarro de cada maço pondo-o de pé. Por último borrife toda a oferenda com o perfume escolhido. Refaça seus pedidos, agradeça e vá embora, sem olhar para traz.

EBÓ PARA A PESSOA SE APAIXONAR
vela coração vermelha, 1 rosa vermelha, 1 taça, 1 vidro de perfume de seu gosto, 1 garrafa de aniz, cigarros de boa qualidade. Do lado de fora de sua casa ou diretamente no cruzeiro das almas, abra a bebida, ofereça e chame pela Pomba-Gira das Almas, ao lado deposite a rosa, os cigarros com o maço aberto acendendo apenas 1 colocando-o de pé. Você deve abrir o perfume e aspergir em volta da oferenda, deixando o restante no vidro ao lado dos demais ingredientes. Agradecer e prometer se for atendida trazer novamente as mesmas oferendas como agradecimento

EBÓ PARA PAIXÃO
01 vidro de boca larga, pelo qual possa passar uma maça inteira sem ferir a fruta;Uma maça bem bonita e vermelha;MelSete fitas de cores variadas, excepto preto.Uma vela brancaNome do casal.
Corte o tampo da maça e esvazie o miolo. Escreva no papel o nome do seu amor, por cima, escreva o seu próprio nome, tornando o primeiro ilegível. Ponha o papel dentro da maça, depois de fazer com ele um rolinho, despeje por cima um pouquinho de mel. Ponha no lugar o tampo da fruta e prenda-o amarrado à maça com as sete fitas, dando sete nós bem apertados. Se não usar as fitas prenda a tampa na maçã atravessando as duas partes com o galho, como se ele fosse uma flecha. Ponha a fruta dentro do pote e encha-o com mel; feche-o a seguir com a tampa.Na noite de Lua crescente ou cheia, enterre o vidro junto ao pé de uma árvore florida, acendendo a vela ao lado. Se preferir, guarde o vidro no fundo do seu guarda-roupa (onde ninguém a ache) ou mesmo enterre-o na entrada de sua casa.
Sou uma rosa, sou um perfume, sou a mais bela de qualquer jardim, ouço lamentos, ouço queixumes, não há mulher que não venha até mim. Sei seduzir, me deixo seguir, a palavra dificil para mim não existe, de preto e vermelho, ou sem me vestir, homem algum a mim me resiste. Bebo champanhe, fumo cigarro, digo mil coisas sem nunca falar, sei ler na mão, jogo o baralho, a mim só me engana quem eu deixar. Se alguém precise e me queira encontrar, siga o perfume em noite de luar, diga meu nome sem se enganar, sou Pombagira, a rua é meu lar. Autor: Paulo Lourenço

POMBAGIRA SETE SAIAS DO CABARÉ

POMBAGIRA SETE SAIAS DO CABARÉ
SALVE SETE SAIAS DO CABARÉ!
DONA SETE SAIAS, É MOJUBÁ!