.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

História da Pomba Gira Rosa da Madrugada

FONTE:
http://pombagirasetesaiasdocabare.blogspot.com/

Reza a lenda que essa Pomba Gira fora casada com um homem muito mulherengo que teve amantes durante todo o seu casamento.
Após sete anos de um casamento infelíz, Rosa partiu com os dois filhos numa madrugada de céu estrelado e lua cheia.
Conheceu um bom homem, casou-se e teve uma linda menina.
Seu primeiro marido, afundou-se na vida boêmia e procurou Rosa em cada mulher que conheceu, em vão.
A Pomba Gira Rosa da Madrugada ajuda a tomar a decisão de partir para a tentativa de uma nova vida.
Oferendas para Pomba Gira Rosa da Madrugada:
3 velas vermelhas
3 velas amarelas
3 velas brancas
1rosa vermelha sem espinhos
3 cigarros
1 copo de água adoçada.
Local de entrega: encruzilhadas em forma de T, Terreiros de Umbanda, Campinas, cachoeiras, praias.


FONTE http://pombagirasetesaiasdocabare.blogspot.com/
Sou uma rosa, sou um perfume, sou a mais bela de qualquer jardim, ouço lamentos, ouço queixumes, não há mulher que não venha até mim. Sei seduzir, me deixo seguir, a palavra dificil para mim não existe, de preto e vermelho, ou sem me vestir, homem algum a mim me resiste. Bebo champanhe, fumo cigarro, digo mil coisas sem nunca falar, sei ler na mão, jogo o baralho, a mim só me engana quem eu deixar. Se alguém precise e me queira encontrar, siga o perfume em noite de luar, diga meu nome sem se enganar, sou Pombagira, a rua é meu lar. Autor: Paulo Lourenço

POMBAGIRA SETE SAIAS DO CABARÉ

POMBAGIRA SETE SAIAS DO CABARÉ
SALVE SETE SAIAS DO CABARÉ!
DONA SETE SAIAS, É MOJUBÁ!