.

sábado, 31 de julho de 2010

Bombo Gira

Bombo-Gira é uma representação da sexualidade feminina e sua imagem acabou deturpada pela propaganda negativa do cristianismo. E antes que você pense que é marcação com os evangélicos, basta você pesquisar a origem de algumas palavras que antes eram de cosias sagradas e acabaram queimadas pelos cristãos:

Prostituta era a sacerdotisa que se prostava diante de Ishtar, deusa do amor babilônica. Os cristãos perseguiram a religião e deturparam o sentido da palavra.

Meretriz era a sacerdotisa de Meret, deusa egípcia das comemorações e festas da colheita. Mais fanatismo cristão pra detonar a palavra.

Saphadas eram as seguidoras de Sapho, poetisa grega da ilha de Lesbos (de onde vem lésbica).

Demônio eram os espíritos protetores. Os cristãos copiaram a ideia (anjos da guarda) e deturparam o termo.
Sou uma rosa, sou um perfume, sou a mais bela de qualquer jardim, ouço lamentos, ouço queixumes, não há mulher que não venha até mim. Sei seduzir, me deixo seguir, a palavra dificil para mim não existe, de preto e vermelho, ou sem me vestir, homem algum a mim me resiste. Bebo champanhe, fumo cigarro, digo mil coisas sem nunca falar, sei ler na mão, jogo o baralho, a mim só me engana quem eu deixar. Se alguém precise e me queira encontrar, siga o perfume em noite de luar, diga meu nome sem se enganar, sou Pombagira, a rua é meu lar. Autor: Paulo Lourenço

POMBAGIRA SETE SAIAS DO CABARÉ

POMBAGIRA SETE SAIAS DO CABARÉ
SALVE SETE SAIAS DO CABARÉ!
DONA SETE SAIAS, É MOJUBÁ!