.

sábado, 10 de julho de 2010

Pomba Gira Maria Padilha, a Rainha da Noite

"Sou Pomba Gira de Lei e de Fé, ajudo aos merecedores e respitosos, que a mim recorrem em busca de auxílio para seus problemas espirituais, sentimentais e materiais".

A Pomba Gira, Maria Padilha é uma das principais entidades da Umbanda e do Candomblé, da linha da esquerda, sendo também conhecida por Dona Maria Padilha, e considerada uma das principais Pombas-Giras.
Representada como espírito de uma mulher muito bonita e sedutora, que em vida teria sido uma fina cortesã influente, amante e conselheira de famosos e importantes homens.
Sou uma rosa, sou um perfume, sou a mais bela de qualquer jardim, ouço lamentos, ouço queixumes, não há mulher que não venha até mim. Sei seduzir, me deixo seguir, a palavra dificil para mim não existe, de preto e vermelho, ou sem me vestir, homem algum a mim me resiste. Bebo champanhe, fumo cigarro, digo mil coisas sem nunca falar, sei ler na mão, jogo o baralho, a mim só me engana quem eu deixar. Se alguém precise e me queira encontrar, siga o perfume em noite de luar, diga meu nome sem se enganar, sou Pombagira, a rua é meu lar. Autor: Paulo Lourenço

POMBAGIRA SETE SAIAS DO CABARÉ

POMBAGIRA SETE SAIAS DO CABARÉ
SALVE SETE SAIAS DO CABARÉ!
DONA SETE SAIAS, É MOJUBÁ!