.

quinta-feira, 1 de abril de 2010

POMBA GIRA NO CANDOMBLÉ

No candomblé, entretanto, Pombagira recebe sacrifício votivo de galinhas pretas e, quando se pretende atingir objectivos mais difíceis, de cabras pretas e novilhas. Na Umbanda a oferenda de alimento preferencialmente vai para um lugar fora do terreiro (encruzilhada, praia etc.), mas no candomblé as comidas são depositadas ao “pé da Pombagira”, isto é, junto às suas representações materiais compostas de boneca de ferro (geralmente com chifres e rabo, como o diabo), tridentes arredondados de ferro, lanças de ferro e correntes (elementos presentes também nos pontos-riscados), representações que permanecem guardadas, longe dos olhos dos não-iniciados, nas dependências reservadas para o culto de Exú.

______________________________________
EBÓS E OFERENDAS PARA POMBA GIRA MARIA PADILHA NO CANDOMBLÉ:

Oferenda para Maria Padilha para amor
Material:

1 alguidar

farinha de mandioca crua

7 colheres de mel de abelhas

7 moedas douradas ( lavadas e secas )

7 rosas vermelhas abertas ( sem os espinhos )

7 carambolas maduras

7 corações de galinha

1 vidro de perfume

1 camapari

7 Cigarros

7 velas vermelhas

Misture um pouco de mel com a farinha fazendo uma farofa, coloque dentro do alguidar, disponha os corações em forma de círculo bem no centro do alguidar, ponha carambolas em volta, enfeite com as rosas, os morangos . Abra o maço de cigarro acendendo sete cigarros, dando três baforadas em cada um fazendo seus pedidos a Maria Padilha , coloque-os no alguidar, abra o perfume e despeje um pouco no alguidar e bastante em volta da oferenda, faça o mesmo com o champagne, acenda as velas circulando a oferenda, saudando Maria Padilha sete vezes, pedindo a ela que corra gira e resolva seu problema, passe as sete moedas simbolicamente pelo corpo de baixo para cima, reforçando seus pedidos e coloque sobre o presente.
_________________________________________


Oferenda para Maria Padilha trazer prosperidade em sua vida ou comércio

Material:

1 alguidar

1 pacote de farinha de mandioca crua ( 1 kg )

mel de abelhas

1 vidro de perfume

glitter dourado e prateado

7 moedas douradas ( lavadas e secas )

7 maças vermelhas

1 bife cru

7 rosas vermelhas ( sem espinhos, botões abertos )

7 rosas brancas ( sem espinhos, botões abertos )

7 espelhos pequenos

7 velas vermelhas

7 velas brancas

8 cigarros

1 vidro de licor de morango


Modo de preparo:

Fazer um padê com a farinha, 7 colheres de sopa de mel, um pouco de glitter dourado e prateado, 7 colheres de sopa de licor e 1 colher de café de perfume, misturar muito bem sem deixar grumos, colocar a mistura no alguidar, por cima coloque o bife, e as maças inteiras em volta.Enfeite com as rosas vermelhas e brancas,coloque os 7 espelhos em volta do alguidar formando um círculo com a parte que reflete para fora. Passe o alguidar simbolicamente pelo seu corpo de baixo para cima pedindo a Pomba Gira Maria Padilha que abra seus caminhos, trazendo, sorte, prosperidade, grandes negociações, peça que ela corte as magias negras e maldições que por ventura foram lançadas por seus inimigos, afaste a inveja 3 afaste inimigos visíveis ou invisíveis encarnados ou desencarnados. Jogue um pouco de mel e perfume no presente, polvilhe o glitter pedindo a Maria Padilha que transforme tudo o que você faz em ouro, que sua aura brilhe, dando-lhe poder de atração. Regue o presente com o licor, jogue bastante licor em volta do alguidar saudando Maria Padilha 7 vezes, pedindo a ela que corra gira abrindo seus caminhos, acenda os 8 cigarros , refazendo seus pedidos, coloque os cigarros em volta do presente, acenda as velas em volta.
_______________________________________________
Sou uma rosa, sou um perfume, sou a mais bela de qualquer jardim, ouço lamentos, ouço queixumes, não há mulher que não venha até mim. Sei seduzir, me deixo seguir, a palavra dificil para mim não existe, de preto e vermelho, ou sem me vestir, homem algum a mim me resiste. Bebo champanhe, fumo cigarro, digo mil coisas sem nunca falar, sei ler na mão, jogo o baralho, a mim só me engana quem eu deixar. Se alguém precise e me queira encontrar, siga o perfume em noite de luar, diga meu nome sem se enganar, sou Pombagira, a rua é meu lar. Autor: Paulo Lourenço

POMBAGIRA SETE SAIAS DO CABARÉ

POMBAGIRA SETE SAIAS DO CABARÉ
SALVE SETE SAIAS DO CABARÉ!
DONA SETE SAIAS, É MOJUBÁ!