.

domingo, 4 de abril de 2010

Salve Pomba Gira


Pomba gira, é uma entidade que atua na umbanda....suas raizes remontam ao mito de lilith da mulher que não se submete aos homens, é uma entidade de psiquismo feminino.
Sua força é guerreira, sua vibração magnética é carregada de sensualidade e alegria, tanto que sua chegada nos médiuns é sempre alegre, solta e sensual.
Contam as lendas que podemos senti-las à noite pelas ruas, perfumadas e enfeitadas, percorrendo os caminhos dos seres humanos, os lugares ermos, os lugares movimentados, os locais onde tenham música e alegria.
Recebe seus
presentes nas encruzilhadas em forma de “T”. Sua cor é o
vermelho vivo, tanto nas velas que lhe são oferecidas,
como nas roupas elegantes, usa saias ou vestidos. Gosta bijuterias, acessóriois femininos em geral e perfumes.
Pomba Gira trata dos
casos de amor, protege as mulheres que a procuram, é
capaz de propiciar, união amorosa e
sexual" (p. 148). A ela estão associados os trabalhos
de feitiçaria, principalmente amorosa.
Sou uma rosa, sou um perfume, sou a mais bela de qualquer jardim, ouço lamentos, ouço queixumes, não há mulher que não venha até mim. Sei seduzir, me deixo seguir, a palavra dificil para mim não existe, de preto e vermelho, ou sem me vestir, homem algum a mim me resiste. Bebo champanhe, fumo cigarro, digo mil coisas sem nunca falar, sei ler na mão, jogo o baralho, a mim só me engana quem eu deixar. Se alguém precise e me queira encontrar, siga o perfume em noite de luar, diga meu nome sem se enganar, sou Pombagira, a rua é meu lar. Autor: Paulo Lourenço

POMBAGIRA SETE SAIAS DO CABARÉ

POMBAGIRA SETE SAIAS DO CABARÉ
SALVE SETE SAIAS DO CABARÉ!
DONA SETE SAIAS, É MOJUBÁ!